WOZEN

blog

Open Studio | An opportunity to construct a deeper connection to the artists process

Wozen Residency | Expanded Eye

Oct 13th | 3-8pm

Open Studio: focus on process and feedback as the artists will present works in progress. We believe in a spontaneous and horizontal exchanges of ideas that arises from the personal and often unpredictable relations between artists, gallerists and the community involved in that particular project. An opportunity to follow up the artists process during their residency, therefore constructing a better understanding and a deeper connection to the artwork.

Open Studio é um enfoque ao processo e ao feedback uma vez que serão apresentadas obras não terminadas. Acreditamos em uma troca espontânea e linear de ideias que surge das relações pessoais e geralmente imprevisíveis entre os artistas, galeristas e a comunidade envolvida no projeto em questão. É uma oportunidade de conhecer o ponto de investigação dos artistas em residência, desmistificar seus processos, além de construir um entendimento e uma conexão mais profunda dos trabalhos expostos. 

Read More
Wozen StudioComment
An investigation into the memory and identity of Lisbon

Wozen Residency | Expanded Eye

For the three-month residency at Wozen, Kevin James and Jade Tomlinson continue their investigation into the memory and identity of a given society at a given time, applying their efforts to the study of Lisbon and the growing socio-economic, environmental and technological pressures that distort the sense of private identity and gradually stifle the collective memory of a community.

Para a residência de três meses na Wozen, Kevin James e Jade Tomlinson continuam sua investigação pela memória e identidade de uma determinada sociedade em uma determinada época, aplicando seus esforços ao estudo de Lisboa e das crescentes pressões socioeconômicas, ambientais e tecnológicas que distorcem o senso de identidade particular e gradualmente sufocam a memória coletiva de uma comunidade. 

Read More
Wozen StudioComment
Bored but secured | Z.U.T. Exhibition

Z.U.T. Exhibition

'Bored but secured' is a group exhibition of eight international artists interested in responding to the theme of Utopia. The exhibition presents the result of a four-week residency at Wozen, where artists have worked together to create a Temporary Utopian Zone. Each work that has been produced considers central Utopian themes. The outcomes explore painting, drawing, sculpture, video and performance.

Read More
Wozen StudioComment
Uma Zona de Utopia Temporária

Wozen Residency | JUL 2018

Para o seu programa de verão, a Wozen tem o prazer de abrir as portas para a quarta edição do Zone d'Utopie Temporaire (Z.U.T.)

O programa de residência Zone d'Utopie Temporaire (Z.U.T.) é uma residência anual nômade que aborda a noção de utopia como um veículo para comentários artísticos e críticos. Iniciada pela curadora Alice Bonnot, a residência é um experimento social e criativo em que um grupo de artistas trabalha juntos durante quatro semanas para criar uma Zona Utopia Temporária.

For It's Summer Program, Wozen is delighted to open the doors for the fourth edition of Zone d’Utopie Temporaire (Z.U.T.)
 
The Zone d’Utopie Temporaire (Z.U.T.) residency programme is a nomadic annual residency which addresses the notion of Utopia as a vehicle for artistic and critical comment. Initiated by curator Alice Bonnot, the residency stands as a social and creative experiment whereby a group of artists work together during four weeks to create a Temporary Utopian Zone.

Read More
Wozen StudioComment
The Angolan Artist Cristiano Mangovo and the Challenge Of Investigating One Of The Biggest Contemporary Paradigms

Wozen Residency | Abril 2018

Para esta Residência de Primavera, a Wozen lança-se ao desafio de investigar um dos maiores paradigmas contemporâneos, a mobilidade humana, a migração internacional diante de um mundo em constante movimento, a aproximação das fronteiras devido ao avanço da tecnologia em contraste ao crescimento exponencial do número de refugiados e actos de extremismo.  

For this Spring Residence, Wozen launches itself to the challenge of investigating one of the biggest contemporary paradigms, human mobility and international migration, facing a world in constant movement. Including, the approximation of borders due to the development of technology in contrast to exponential growth of the number of refugees and acts of extremism.

Read More
Wozen StudioComment
Binau | confronting mass conformity | unbreakable principles | happiness within uniqueness

Wozen Exhibition

The Absence of Awareness: Fluor, Concrete, Lava

Binau gives birth to creatures we can relate and sympathize, because they are sarcastic portrays of his own particular thoughts, which are often shared by a large part of his generation. He is an artist brave enough to expose his darkest corners, but smart enough to never loose his good humor in the process. Just like his monsters, Binau is an outsider that never compromises to other peoples expectations. They can always find comfort and happiness within their uniqueness, a valluable lesson in these times of artificial digital lives and mass conformity.  

...

Binau concede vida a criaturas que podemos relacionar e simpatizar, pois são retratos sarcásticos dos seus próprios pensamentos particulares, que muitas vezes são compartilhados por uma grande parcela de sua geração. Ele é um artista corajoso o suficiente para expor suas esquinas mais escuras, e inteligente o suficiente para nunca perder o bom humor no processo. Como seus monstros, Binau é um estranho que nunca compromete suas crenças frente às expectativas alheias. Eles conseguem sempre encontrar conforto e felicidade em sua singularidade, uma valiosa lição nestes tempos de vidas digitais artificiais e conformismo em massa. 

Read More
Wozen StudioComment
Salazar | Exaltation of the human frailty | Enlighten the beauty in the dark | Awaken the collective sub_conscience

Wozen Exhibition

The Absence of Awareness: Fluor, Concrete, Lava

For this exhibition, the artist explored his sub_movimentos, highlighting three important pillars: #Traumatism comes from the idea of trauma with the propose of recycling memory objects, making art with garbage, and thus address the issue of pollution and sustainability; #Magnetism: In that it uses logos, marks and references as cartoons to magnetically attract the eyes of the viewers, as a kind of necessary evil, to criticize the social immediacy; and #Imperfecionism: where the raw expression prevails through a genuine, childish and unfiltered trait. A critique on the desire for perfectionism of the contemporary world, the "perfect" life as a reference of success, creating a condition of competitive individualization and psychic isolation that provokes an extreme fragility and the increase of young people with a marked tendency to unhappiness.

...

Para esta exposição, o artista explorou seus sub_movimentos, destacando três importantes pilares: #Traumatismo onde engloba tudo quanto seja fazer arte com lixo, e assim abordar o tema da poluição e sustentabilidade; #Magnetismo: Em que utiliza logotipos, marcas e referências como cartoons para atrair magneticamente os olhos dos visualizadores, como uma espécie de mal necessário, para criticar o imediatismo social; e #Imperfecionismo: onde prevalece a expressão bruta através de um traço genuíno, infantil e sem filtros. Uma crítica ao perfeccionismo do mundo contemporâneo, a vida “perfeita” como referência de sucesso, originando uma condição de individualização competitiva e de isolamento psíquico que provoca uma extrema fragilidade e o aumento de jovens com uma acentuada “tendência à infelicidade”.

Read More
Wozen StudioComment
Joana Gomes | Examination from a geopolitical perspective | A reflexive look | Interpreted metaphorically

Wozen Exhibition

The Absence of Awareness: Flúor, Concrete and Lava

For this exhibition the artist presents a work consisting of two installations that approach the concept of Interval | Distance that, in time or space, mediates between two things. Interval-temporal, procedural-interval and action-interval are the three notions that invite the viewer to question what is revealed and what is hidden in the painting, to speculate on the meaning that this manipulation of full and empty tells of the process and the pictorial intention or in videographic action.

 Joana works bring us a reflexive look into the a humanity condition of living in a constant war and the manipulation of information by the media, generating a continuous fear of a repressed / depressed population.

Para esta exposição a artista desenvolveu um trabalho que consiste em duas instalações que abordam o conceito de Intervalo | Distância que, no tempo ou no espaço, medeia entre duas coisas. Intervalo-temporal, intervalo-processual e intervalo-acção são as três noções que convidam o espectador a questionar o que é revelado e o que é ocultado na pintura, a especular sobre o significado que essa manipulação de cheios e vazios conta do processo e da intenção pictórica ou na acção videográfica.

Ambas instalações nos trazem grandes e profundas reflexões sobre uma humanidade em guerra constante, a manipulação de informação pela mídia gerando um medo contínuo diante de uma população reprimida/deprimida.

 

Read More
Wozen StudioComment
The Absence of Awareness is an exhibition that legitimizes the importance of the millennials generation

March | Wozen Exhibition

The Absence of Awareness: Fluor, Concrete, Lava

After its first Artistic Winter Residence, Wozen presents the exhibition result of an intense investigation about a specific generation, of the turn of the millenium, of the digital transition and the consecutive economic global crises. Through the collective expression of three Portugueses BinauJoana Gomes and Salvador Salazar, represent a generation that comes to question patterns and bring us deep reflections and provocations. These real Lisbon street characters combine efforts for the first time in the same space, sharing their experiences, questions, traumas, fears, hopes, vices and memories.

...

Após sua primeira Residência Artística de Inverno, a Wozen apresenta a exposição fruto de uma intensa investigação em torno de uma geração específica, da virada do milênio, da transição digital e das crises econômicas globais consecutivas. Onde através da expressão conjunta de três artistas portugueses Binau, Joana Gomes e Salvador Salazar, representam uma geração que vem questionar padrões e nos trazem profundas reflexões e provocações. Os jovens artistas, personagens reais das travessas de Lisboa, uniram-se pela primeira vez neste espaço sem fronteiras para compartilhar as suas experiências, questionamentos, traumas, medos, esperanças, vícios e memórias.

 

Read More
Wozen StudioComment
Wozen Activities program is focused on education for artists, non-artists and, specially, children

Feb | Wozen Activities

During the residency months, Wozen walls will exhibit a constant visual feed of convulsive thoughts, and the space will become simultaneously studio, gallery, stage for classes, activities, debates, performances and social and artistic experiments. The absolute freedom of techniques, media, materials and visual references, reinforce Wozen's commitment as an experimental studio, focused on assisting the development of new artists from Lisbon communities, offering a platform for their most innovative, bold, controversial and urgent points of view.

Read More
wozen Comment
Wozen Winter Residency: A challenge of investigating a specific generation through the collective expression of four artists during a three month period (dec 17 - feb 18).

Jan 18 | Winter Residency

On its first Winter Residence, Wozen launches itself to the challenge of investigating a specific generation through the collective expression of four artists during a three month period (dec 17 - feb 18). The Portugueses Binau, Joana Gomes and Salvador Salazar, and the Brazilian Rique Inglez, combine efforts for the first time in the same space, sharing their experiences, secrets, questions, frustrations, fears, illusions, hopes, tattoos, scars, rituals, jokes, vices and memories.

...

Em sua primeira Residência de Inverno, a Wozen lança-se ao desafio de investigar uma geração específica através da expressão   conjunta de quatro artistas durante o período de três meses (dez 17 - fev 18). Os portugueses BinauJoana Gomes e Salvador  Salazar, e o brasileiro Rique Inglez, unem-se pela primeira vez no mesmo espaço para compartilhar as suas experiências, segredos,    questionamentos, frustrações, medos, ilusões, esperanças, tatuagens, cicatrizes, rituais, piadas, vícios e memórias. 

Read More
wozen Comment
A Educação pela Arte e para a Arte

Dez.2017

Wozen | Reflections 

Educados pela Arte – todos os seres humanos devem ser. Pois que outro componente melhor e mais propício a fazer florescer a divindade interior do indivíduo, senão o de colocá-lo desde cedo sob o que realmente inspira sua alma? Toda criança pode crescer sob o signo do equilíbrio se ao lado do pão, da ideia, da experiência e do brinquedo, lhe derdes o alimento que o conecta com sua essência. Se ela própria puder dar seus primeiros ensaios de criação livre e espontânea, percebendo e intuindo diretamente a sua infinita capacidade de criar e produzir. Sem a imposição de modelos e padrões, permitindo que, pela experimentação, encontre sua própria expressão.

Read More
wozen Comment
O artista São Tomense Kwame Sousa apresenta Reino Angolar: Utopias e Territórios na II Bienal de Sur. Pueblos en resistencia - Caracas, Venezuela

Dez 2017 | News Release

Após sua primeira residência artística na Wozen, o artista são tomense Kwame Sousa foi convidado a participar da II Bienal de Sur. Pueblos en resistencia no Museu de Belas Artes de Caracas, Venezuela (MBA) apresentando a série de trabalhos produzidos em nosso em nosso espaço atelier com o tema Reino Angolar: Utopias de Territórios.

Para fortalecer as conexões entre eventos sociais e expressões artísticas contemporâneas de um compromisso emancipador, o Instituto das Artes da Imagem e do Espaço (IARTES) consolida a segunda edição da Bienal do Sul. Povos na resistência; um convite internacional para refletir sobre formas, estruturas e meios expressivos a partir dos quais as relações entre arte e política são possíveis. A Bienal do Sul. Os povos em resistência são uma ação política comprometida com as transformações sociais necessárias para construir um mundo possível da equidade e da justiça, do confronto com o poder instituído, cujo principal desafio é convocar - em um diálogo de conhecimento - artistas que do compromisso com a solidariedade com as realidades de que fazem parte, confrontam e criticam a atual ordem social.

Read More
wozen Comment
DIF Mag #118: As (novas) Galerias Como Expansão Cultural

Oct.2017

Wozen | News Release

João Pedro Fonseca, artista visual e director das residências artísticas ZONA, foi convidado a escrever um artigo para a DIF, edição 118, a falar sobre o panorama galerístico actual em Lisboa. Foram abordadas cinco galerias emergentes da cidade: Balcony, Shiki Miki, Tara Gallery, The Room - Video Project e a Wozen Studio. Uma introdução ao desenvolvimento artístico que tem vindo a despontar em Portugal e os desafios de se sustentar espaços culturais independentes. Segue abaixo na íntegra a entrevista com Rique Inglez - artista residente e sócio fundador da Wozen.

Read More
wozen Comment
O artista Francisco Vidal a falar de "Luuanda Rising" no programa Bem-Vindos | RTP África

Sep.2017

Artist | Luuanda Rising Exhibition

Francisco Vidal foi convidado a falar sobre sua mais recente exposição "Luuanda Rising" que inaugurou no último dia 22.set na Wozen e é fruto de sua residência artística em nosso espaço atelier. 

LUUANDA RISING surge como a primeira tentativa do artista em afirmar a existência do _PENSAMENTO CONTEMPORANEO ANGOLANO_, buscando catalogar e apresentar os elementos essenciais da pintura Angolana, ao mesmo tempo em que reverencia e imortaliza os elementos operativos da classe trabalhadora, definição romântica reservada a seus pares artistas e criativos. Desta forma, LUUANDA RISING é o código maternal, contendo todos os outros códigos e representando a Utopia _UU_ de um pensamento livre com centro em Luanda, mesmo sonhado na geografia de Lisboa, em consoante com seu conceito global _NAM - Non Aligned Movement e com o conceito de World Citizenship da galeria.

Read More
wozen Comment
Between Figuration And Abstraction, there is a research about self knowledge and the sense of life

Junho.2017

Artist | Transhumanizar Transfigurar Exhibition

"Few events make us so tangible as death. And we learn to understand it better when we stand before works like those of Gianguido Bonfanti. A type of a guide which is manifested in our physical, material, and psychic reality, this unsettling art leads to narrow paths, dark passages and feelings unease. We experience the moral and physical degradation of the body and the soul. His paintings are like mirrors. We contemplate what is what is unfinished and imperfect within ourselves". - Gonçalo Ivo, Madrid - October 2016

Read More
wozen Comment
A Escola onde o Papel é base, gênese e propósito

Junho.2017

Escola de Papel | Wozen Activities

 Escola de Papel - é um projeto assinado por Francisco Vidal em colaboração com Andaime Cooperativa Cultural e Wozen Studio Gallery, com oficinas especialmente concebidas de forma a integrar as várias premissas que enquadram a instalação do artista “Utopia Luanda Machine”.

A Escola de Papel pretende ser um espaço de criação artística, construída com e através do público, onde o papel é génese e propósito. Aliando aspetos da obra de Francisco Vidal - conceitos, materiais, técnicas e processos -, e o carácter interativo e participativo da instalação "Utopia Luanda Machine", a Escola de Papel convoca a proximidade com o público, a experimentação plástica e a liberdade criativa.

Read More
wozen Comment
An Independent School of Creative Activities arrives in Lisbon

Junho.2017

Perestroika | Wozen Activities

PERESTROIKA - an Independent School of Creative Activities, having offices in 5 brazilian capitals. Always engaging creativity, the courses  address various subjects. From Poker to Entrepreneurship, passing through Fashion, visiting Architecture. diving into Feminist theory, amongst several others. Also using always the School`s methodology: Experience Learning, and as the name suggests, it is fully based upon experience. In partnership with Wozen, Perestroika launched its first module in Lisbon, with 4 classes of introduction to the creative process.

Read More
wozen Comment
Manuela Pimentel na exposição “Barroco Ardente e Sincrético - Luso-Afro-Brasileiro” | Museu Afro Brasil

Junho.2017

Artist | Na Cama Com o Inimigo Exhibition

Manuela Pimentel e a ressignificação da tradicional azulejaria portuguesa

Convidada para fazer uma instalação dentro da exposição “Barroco Ardente e Sincrético - Luso-Afro-Brasileiro”, a jovem artista portuguesa Manuela Pimentel tem motivos de sobra para festejar a sua primeira mostra no Brasil. Além de ser a única artista contemporânea e única mulher da exposição, Pimentel também tem profundos laços afetivos que a ligam ao Brasil, seus avôs migraram para o país ainda na primeira metade do século XX em busca de melhores oportunidades de vida.

Conhecida pelo modo original com que utiliza as referências da tradicional azulejaria portuguesa em obras que misturam práticas artísticas como a pintura, o desenho e a cenografia, em um movimento que Pimentel chama de “a revolta dos azulejos”, a artista fala sobre o trabalho que está desenvolvendo exclusivamente para a exposição “Barroco Ardente e Sincrético - Luso-Afro-Brasileiro”, do impacto de participar desta importante mostra sobre barroco (uma das maiores e mais completas sobre o tema já realizadas no país), entre outros temas.

Read More
wozen Comment